Um blog cheio de ideias. Algumas soltas... outras nem tanto! Foi a forma de uma copy perdida se encontrar, finalmente, com as suas palavras... E consigo mesma.

Friday, January 26, 2007

A Fé que nos move

Por estes dias tenho pensado muito na Fé.
Penso e repenso e a única certeza que mantenho é que a Fé não é igual para todos. Cada um tem a sua. Cada um usa-a como lhe dá mais jeito, como se a Fé se adaptasse à mente, aos gostos e aos desejos de cada pessoa...
Eu tenho Fé. Sou católica, embora não seja lá muito praticante. Mas tenho as minhas crenças, os meus momentos com Ele e a Igreja é muitas vezes o refúgio que procuro para me acalmar e até para me encontrar.
Quando chegou a altura de casar a Igreja surgiu como a escolha natural. Porque o nosso casamento tinha de ser abençoado por Deus.
Acredito que há Alguém que olha por nós, que nos guarda e nos guia pelos melhores caminhos. Tal como acredito nos Anjos-da-Guarda, sempre dedicados a quem deixaram para trás.
Mas depois penso nas coisas más que acontecem todos os dias e questiono esse Deus. Tal como O questionei quando a minha Mãe morreu. Na altura zanguei-me à seria com Ele. Não conseguia perceber. Nem queria! Ele tinha-nos tirado quem nós mais amávamos e ainda por cima depois de a ter feito sofrer tanto... Que Deus era este afinal? Mas o tempo cura tudo e, aos poucos, fui voltando a acreditar. Porque preciso de sentir que há mais para além disto que vemos. Que a Morte não é o fim, mas apenas um intervalo. Que há Alguém que comanda os nossos destinos e nos deixa andar por aqui apenas pelo tempo necessário para cumprirmos a nossa missão... Seja lá ela qual for.
Não consigo explicar a Guerra, os desastres ou as catástrofes naturais. Nem a fome, nem as injustiças, nem a dor dilacerante da mãe que perde um filho. Não consigo perceber as injustiças da vida, nem porque Ele leva mais pessoas boas do que más.
Há quem cante que "Deus leva os que ama" e eu gosto de acreditar nisso.
Tudo o resto é confuso e subjectivo demais. Nem vale a pena racionalizar muito... Trata-se de uma questão de Fé. Não se explica, apenas se sente. Todos nós temos de acreditar em algo ou em alguém.
Eu acredito em Deus. E nestes dias tenho falado muito com Ele, tenho feito promessas e tenho rezado mais do que o habitual. Porque preciso de acreditar que há Alguém que está a decidir o meu futuro.
Não quero voltar a pôr em causa a minha crença, quero ser forte o suficiente para perceber os Seus desígnios, mas tenho rezado muito para que tenha chegado a minha vez de ter o que quero, sem ter de passar por mais provas ou privações.
Vamos lá ver em que estado vai ficar a minha Fé desta vez...

2 Comments:

Blogger mariana said...

amiga, tenho fé q tenha chegado a tua vez! tu mereces realizar esse "sonho" ...

10:13 AM

 
Anonymous Anonymous said...

De todas as vezes que li este texto, não o consegui comentar.
É tão profundo e vem tão de dentro que não consegui...

Agora posso dizer-te, que a fé move-nos, independemente do que acreditamos...
Ainda bem, que tives-te muita fé e ainda bem, que ela foi ouvida.

Um beijo enorme
Anokas

7:52 AM

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home