Um blog cheio de ideias. Algumas soltas... outras nem tanto! Foi a forma de uma copy perdida se encontrar, finalmente, com as suas palavras... E consigo mesma.

Thursday, December 07, 2006

Palavras de Gelatina

Certas palavras transformam os momentos em pesadelos, os segundos numa eternidade e o silêncio num abismo avassalador.
Palavras relacionadas com morte, saudade, dor... carregadas de emoções e de carências.
Aquelas palavras que saem como um suspiro sincero, revolvidas por uma só lembrança.
Lembrarmo-nos dos nossos mortos é muito doloroso. Partilhar esta dor com os outros é libertador mas, ao mesmo tempo, constrangedor.
Faz-me bem falar de quem gostei tanto, embora nem sempre consiga revelar o que ainda me dói a saudade. Mas, quando me mostram uma nostalgia parecida com a minha, não consigo agir... Fico muda, sem jeito, com uma enorme vontade de abraçar essa pessoa e dizer-lhe: "Eu sei o que sentes. Ouve... a minha saudade bate ao mesmo ritmo da tua"... Mas não o faço. Sorrio. Apenas consigo sorrir. Tentando que esse sorriso espelhe tudo o que sinto.
Quando partilho não espero consolo. Só preciso de me revelar um bocadinho e dar um pouco de cor à minha saudade... Não há palavras que consolem uma dor de morte!
Há um apoio, uma confiança, uma presença reconfortante que nos permite esvaziar mais um bocadinho desse enorme balão que vive dentro de nós.
Os meus amigos sabem das minhas dores e respeitam-nas. Ouvem-me e fazem-me bem.
Quando o contrário me embaraça tento retribuir essa confiança, com a minha atenção e o meu silêncio. Que não é mudo. Apenas tão sabedor dessas dores que se torna automaticamente solidário.
Não sei confortar quem perdeu os pais... Não sei mimar quem perdeu a mulher. Não sei explicar porque é que a vida é tão cruel.
Não sei consolar. Mas sei o que custa continuar a sorrir, a acreditar, a viver. Por isso, quando me falam destas dores eu sou deles... e só quero dar um bocadinho de cor a essas recordações, que passam a ser minhas também.

4 Comments:

Blogger Ima said...

Sinto quase minhas as tuas palavras de desabafo... o anseio.... de quem também guarda muita saudade...
é bom saber escrever, porque é em cada letra, em cada palavra que recordamos estas pessoas que foram tanto para nós..

beijinho amiga

2:21 AM

 
Anonymous Anonymous said...

Ontem li o teu texto e não consegui comentar...hoje voltei a ler e também não o consegui comentar...

Julgo que o meu melhor comentário passará por um sorriso, por um abraço, por um olhar e pela disponibilidade de ouvir.

Anokas

2:40 AM

 
Anonymous jonhy be dog said...

MIUDA TU ES A MAIOR. E fica sabendo que o teu sorriso silêncioso diz isso tudo. E é de facto reconfortante quando outros olhos percebem a dor que te vai na alma.
beijo.

8:32 AM

 
Anonymous emanems said...

Amiga, continua a sorrir, porque o teu sorriso é lindo...

3:36 AM

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home